VIDA NOTURNA E BALADAS

Em Itacaré “não tem tempo ruim”. Todos os dias, na temporada ou fora dela, sempre têm um agito noturno. Pode ser uma saída mais light pra ver a lua nascer num cantinho da Praia da Concha; uma música ao vivo num bom restaurante ou uma balada mais quente com forró ou reggae, os estilos mais comuns na noite itacareense.

Para aqueles que gostam de variedade a Pituba é o principal ponto de encontro entre turistas e nativos para decidir o que fazer na noite.

Num movimento constante e intenso nos bares e restaurantes, aprender a dançar pode ser fácil e prazeroso. O que não falta é a ginga e a vontade dos baianos para ensinar. Entre um drink e outro, além do reggae e do forró, o rock também é uma ótima opção de encontro entre gerações e gostos.

Além disso, aqui e ali sempre tem uma festinha alternativa, com violão e percussão, e muita gente disposta a dançar na areia até o dia clarear.

Quem prefere uma balada noturna mais leve, encontrará opções que funcionam entre 19 e 1h. As festas e shows começam entre as 22 e 23h e, na maioria das vezes, não tem hora para acabar. Alguns lugares costumam ficar no auge entre 1h00 e 2h30. Por isso, muitos preferem jantar mais cedo, descansar um pouco e sair mais tarde, cheios de disposição para a longa noite.

O que mais chama a atenção é a diversidade de cores, luzes e formas. Ambientes bem decorados, típicos, refinados. No auge da animação é impossível ficar parado. Para quem gosta de música eletrônica existem várias opções de festas ao ar livre e em lugares específicos, principalmente no verão. É também nesta época que vários shows são realizados na cidade.

Numa cidade onde é possível a chuva cair mansa com o céu todo estrelado, amanhecer na praia é a idéia mais simples e a que mais atrai pessoas dispostas a agradecer a diversão noturna com um banho de mar.